Estação de Triagem

/Estação de Triagem
Estação de Triagem2018-05-09T00:21:50+00:00

ESTAÇÃO DE TRIAGEM

A Estação de Triagem funciona 24h (três turnos rotativos), de segunda a sexta-feira.

A Estação de Triagem entrou em funcionamento em dezembro de 2004.

A Estação de Triagem processa diariamente os resíduos recolhidos seletivamente, provenientes dos ecopontos, ecocentro e recolha porta-a-porta (cartão e filme plástico).

Os resíduos de embalagem são recolhido por categorias (papel/cartão, plástico/metal e vidro) e quando chegam à estação de triagem são armazenados em zonas distintas, para serem posteriormente separados por tipo de material.

As embalagens de papel e cartão são separadas em cartão e jornais/revistas/papel.

As embalagens de plástico/metal são separadas por tipo de material, nomeadamente: garrafas de águas e sumos (plástico PET), garrafões/garrafas de detergentes e champôs (plástico PEAD), sacos de plástico e outros filmes plásticos, esferovite e outros plásticos como pacotes de bolachas, copos de iogurte, pacotes de batatas fritas (plásticos mistos).

As embalagens de vidro são encaminhadas para reciclagem sem qualquer triagem (pois no ecoponto verde só são colocadas embalagens de vidro).

No que diz respeito aos outros resíduos recolhidos nos ecocentros e posteriormente enviados para a estação de triagem, como os monstros (colchões, móveis de madeira, sofás), REEE (resíduos de equipamento elétrico e eletrónico), Metais (metais vários e sucatas) são também processados nesta unidade e encaminhados para valorização.

Em 2007, foi assinado um acordo de parceria com a Ecopilhas, que resultou num novo projeto conjunto, que consiste na triagem das pilhas e acumuladores recolhidos a nível nacional, que são encaminhados para esta unidade. Depois de triados estes resíduos são encaminhados para retomador autorizado de forma a serem devidamente tratados e/ou eliminados.

No que diz respeito aos outros resíduos recolhidos nos ecocentros e posteriormente enviados para a estação de triagem, como os monstros (colchões, móveis de madeira, sofás), REEE (resíduos de equipamento elétrico e eletrónico), Metais (metais vários e sucatas) são também processados nesta unidade e encaminhados para valorização.

Em 2007, foi assinado um acordo de parceria com a Ecopilhas, que resultou num novo projeto conjunto, que consiste na triagem das pilhas e acumuladores recolhidos a nível nacional, que são encaminhados para esta unidade. Depois de triados estes resíduos são encaminhados para retomador autorizado de forma a serem devidamente tratados e/ou eliminados.